sábado, 5 de fevereiro de 2011

second-family (?)



alguns de nós , alguns dos meus ! ( falta grande parte . )
queria muito conseguir descrever o que sinto . mas não consigo . secaram-se lágrimas , fez-se silêncio , calaram-se gritos , perdeu-se o ritmo a tudo . agora oiço apenas o eco do meu coração bater , o eco de como se estivesse vazio , e inofensivelmente frágil . apartir daí não sei por onde começar . se por todas as coisas lindas que me vêm á cabeça e por o qual já passamos , ou se no que isto se tornou , melhor : no que tornaram isto . aquilo a que chamámos o nosso grande orgulho , tornou-se no meu pequeno pesadelo . em tempos o que me fazia sorrir , ultimamente faz-me chorar . chorar por ter chegado ao limite , por sentir que já não faço falta , por saber que fui substituida , que já não há diferença comigo ou sem mim , de saber que tudo aquilo que ajudei a criar , vai acabar por morrer nas mãos de tantos outros gananciosos que não sabem o que aquilo significava para mim . sinto-me triste , muito embaixo mesmo , só de pensar que desisti ( coisa que só faço quando não há outra escolha , mesmo ) , e secalhar foi melhor assim , mas por enquanto só penso que ainda não consigo acreditar que o fiz , e que isto está acontecer . talvez esteja a dar a minha parte fraca , talvez esteja até a ser uma desilusão para alguém , mas acabou (…) não dá mais . andei eu 7 anos a construir algo que acabo por desistir ? uma força ? uma união ? uma cumplicidade ? uma partilha ? um grupo ? uma segunda-família ? um orgulho ? um sorriso ? algo que me proporcionou um verão óptimo ? o que eu chamava de parte de mim ? o meu passatempo ? algo em que depositei tudo de mim ? algo que ajudei a construir ? algo a que dei nome ? algo que me fazia sorrir ? onde passei grande parte do meu tempo e partilhei tudo de mim ? QUÉ DE MIM QUE ACREDITEI , QUE ACREDITAVA COM TODA A MINHA FORÇA NISTO TUDO ? mudaram-se pessoas , mas foram sempre insubstituiveis . aarece que agora , chegou a minha vez de saltar fora . pelos vistos fui das que rapidamente foi substituida . já o fiz , saltei . cai , magoei-me , chorei , mas hei-de conseguir pôr-me de pé outra vez ! e ai , vou gritar para quem me quiser ouvir : desisti não por ser fraca , por não querer lá andar , por não gostar daquilo e de vocês , mas apenas porque me roubaram as forças e se fizeram de protagonistas de tudo , porque me substituiram como eu nunca pensei que fossem fazer , fui até talvez : traída . lamento a forma como desisti de tudo , e se fui cobarde , lamento ainda mais . mas agora chegou ao fim (…) ACABOU E POR FAVOR NÃO VOLTEM A CHAMAR POR MIM !

Sem comentários:

Enviar um comentário