sábado, 20 de agosto de 2011

2 # Carta para a tua paixão.

querida paixão, onde andas tu? queria-te tanto aqui comigo, bem juntinha a mim e puder sussurrar de novo ao teu ouvido: fica comigo para sempre. mas sabes? eu já não te posso pedir isso. tu escolhes-te o teu caminho, e eu já alcancei o meu. agora cada um segue o seu, lutando pelo futuro, o futuro que outrora foi de ambos. eu seu, eu sei que fizemos promessas um ao outro que serão inesquecíveis, mas que jamais as poderemos cumprir. mas uma eu prometo que cumprirei sempre! nunca te irei esquecer, sabes disso meu sol, sabes disso. vivemos demasiadas coisas juntos para que de um momento para o outro pudéssemos separar as coisas de vez. foram demasiadas as coisas partilhadas, os momentos, e todo um pedaço de vida, um pedaço de vida que será sempre lembrado como nosso!
 dorme bem, piqueno. bem aqui dentro do meu coração.

1 comentário: