quarta-feira, 24 de agosto de 2011

3 # Carta para os teus pais

dear parents, não sei por onde começar. talvez deva começar por todas as coisas boas por que já passámos, por tudo o que me proporcionaram e proporcionam, e por tudo o que me faz sentir realizada na vida, e agradecer.  mas nem tudo é perfeito como todos gostaríamos que fosse, afinal de contas isto também não é nenhum filme, nenhuma novela onde pudemos controlar tudo e voltar a gravar quando não corre tão bem. como toda a gente, nós também temos as nossas discussões, as nossas birras, e as nossas chatices. mas por fim, superamos tudo isso e voltamos a ser uma família unida e feliz. e é também por isso que eu vos amo tanto, é que sabem posicionar o amor e o rigor em patamares diferentes, e cada um no momento certo. é graças a vocês que eu sou quem sou hoje, e orgulho-me disso. de nós. obrigado, obrigado por cada segundo da minha vida. sempre convosco.
amo-te mamy, amo-te papy, amo-vos com todas as minhas forças.


2 comentários: