sexta-feira, 26 de agosto de 2011

eu ainda não consigo acreditar (...) a sério. depois de tanto tempo voltar a recordar como tudo foi, voltar a relembrar. e desta vez capazes de tudo. como é que é possível? explica-me, sussurra outra vez.

Sem comentários:

Enviar um comentário