sexta-feira, 30 de setembro de 2011

- olá lua.
- olá pequena, como estás?
- estou bem, ou pelo menos faço-me de forte para o parecer.
- tu és forte e eu sei que superas tudo.
- mas "sozinha"? não consigo, lua.
sabes pequenina? olha para mim, sozinha também brilho (...) tal com o tu.
p.s: da minha autoria.

5 comentários: