sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

destino, doce destino.

a nossa história deve ser de todas as histórias de amor, a mais linda. sem qualquer dúvida.
já viste o que o destino nos fez? tu voltas-me a falar à uma semana, tentando recuperar a nossa linda amizade, até porque tu namoras e pareces-me feliz, e as coisas estão a correr bem, depois de 3 anos aturar-te, todos os dias me surpreendes. vá, voltando atrás. ontem a ironia do destino acabou por nos apanhar aos dois. lá ia eu com a minha prima no comboio até ao porto, quando mesmo na porta à minha frente tu entras. encarar-te assim sem contar não é fácil. passas-te e apenas reconheces-te a minha prima. quando me envias sms a dizer que estás no mesmo comboio que ela, percebi que nem de longe me tinhas visto. eu digo-te que estou com ela, e lá vens cumprimentar-nos. eu continuo surpresa e sem jeito, mas ainda bem que os meus óculos de sol disfarçam isso. depois de cerca de 1 ano sem te ver, o reencontro é no mínimo estranho. como se não bastasse o único lugar disponível num raio de *toda a carruagem* era ali, mesmo ao meu lado, tu sentas-te e eu vou disfarçando o meu espanto vendo as fotos da máquina fotográfica, quando te debruças no meu ombro para ver comigo, o teu perfume espalhasse rapidamente, foi como recordar tudo ali, em segundos. depois disto, chegamos ao teu destino, tu despedes-te e sais, e assim foi o nosso reencontro. diferente, no mínimo cena de filme. 

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

David Fonseca canta "Last Christmas"

pessoal, um feliz natal para todos, merry christmas, feliz navidad, frohe weihnachten, joyeux noël*
que todos tenham um bom momento em família, no quentinho da lareira, com tudo de bom, com os típicos pratos e doces natalícios que tanto nos agradam, e tudo o que o Natal tem de melhor.
áhm, e que o vosso pai-natal seja generoso, mas acima de tudo que o vosso Natal mais do que bom, seja o melhor possível. aproveitem cada segundo, porque será sempre único. 
beijinho, com carinho, sofia.


quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

tão, tão verdade.


ultimamente muitas vezes tenho chorado. sozinha, como se no mundo fosse só eu, a escuridão e as minhas lágrimas que se esforçam por cair. quantas vezes finjo estar bem? quantas vezes mergulho a cabeça na almofada para asfixiar o som das lágrimas, e quase asfixiando-me a mim? quantas vezes penso que tudo podia ter sido diferente, se (...)? é, ultimamente nem me tenho reconhecido a mim própria. tenho fingido estar bem, apoiado toda a gente, este mundo e o outro, fingindo que tudo é simples, mas lá no fundo, e EU? pois, e eu sorrio, quando muitas das vezes só me apetece chorar e lavar a alma.

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

tal e qual que tanto me deixa babada.

eu: qué que pedis-te ao teu pai-natal?
ele: tu.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011


é um abraço apertado, e um beijo longo, por favor.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

2# thing.


 isto é o que acontece quando eu realmente sei a resposta, mas nessa hora o professor(a) nem olha para mim. é realmente frustrante. logo a seguir, quando não sei ou mal respiro e já estou a ouvir sermão de vinte dias. agora já vês não é? pois claro que é. oh my god, um bocadinho mais de consideração sim?

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

vá lá lágrimas, escorram só de uma vez. parem de me envolver os olhos e secar. parem de ameaçar cair quando na verdade vai haver sempre algo ou alguém que não vai deixar que isso aconteça. secalhar o que me anda a fazer falta é mesmo lavar os olhos com lágrimas, sei lá, digo eu assim. é que por vezes, chorar faz bem, chorar alivia, liberta.

p.s: ontem tive uma surpresa e estive com a minha menina. tive pena de ser pouco tempo, e sinceramente soube a pouco, mas como ela está no algarve e só estou com ela mais no verão, ou em épocas mais fortes, foi muito bom poder senti-la ali de novo, tão perto. 

guapa, guapa, guapa!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

1# thing.


não me imagino a tirar o meu aparelho,  não meeesmo.
já o tenho à quase 2 anos, o que será de mim sem ele?

p.s: aqui começo o meu novo cantinho*

quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

hello, hello, hello.

esta é uma estação do ano que eu gosto imenso. a lareira acesa, os gorros, a roupa bem quentinha, e depois os enfeites, o natal, todos as coisas relacionadas com ele. adoro!

p.s: vou iniciar algo novo aqui no blog. ainda me faltam algumas certezas, mas amanhã já terei isso pronto. será uma mistura de imagens, frases filosofas, cultura geral, afazeres, e ainda uma listas de s
onhos. é uma grande mistura, mas vamos ver no que dá. aceitam-se sugestões*
eu também tenho uma pessoa assim. que me abraça, me protege, me dá força quando mais preciso. é, é a garota mais irritante do mundo, mas por outro lado, jamais a trocaria por o que quer que fosse. acreditem, é mesmo bom ter alguém assim ao vosso lado.

eu chamo-lhe melhor amiga, mas por vezes sei que ela merece mais. é uma irmã!