sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

destino, doce destino.

a nossa história deve ser de todas as histórias de amor, a mais linda. sem qualquer dúvida.
já viste o que o destino nos fez? tu voltas-me a falar à uma semana, tentando recuperar a nossa linda amizade, até porque tu namoras e pareces-me feliz, e as coisas estão a correr bem, depois de 3 anos aturar-te, todos os dias me surpreendes. vá, voltando atrás. ontem a ironia do destino acabou por nos apanhar aos dois. lá ia eu com a minha prima no comboio até ao porto, quando mesmo na porta à minha frente tu entras. encarar-te assim sem contar não é fácil. passas-te e apenas reconheces-te a minha prima. quando me envias sms a dizer que estás no mesmo comboio que ela, percebi que nem de longe me tinhas visto. eu digo-te que estou com ela, e lá vens cumprimentar-nos. eu continuo surpresa e sem jeito, mas ainda bem que os meus óculos de sol disfarçam isso. depois de cerca de 1 ano sem te ver, o reencontro é no mínimo estranho. como se não bastasse o único lugar disponível num raio de *toda a carruagem* era ali, mesmo ao meu lado, tu sentas-te e eu vou disfarçando o meu espanto vendo as fotos da máquina fotográfica, quando te debruças no meu ombro para ver comigo, o teu perfume espalhasse rapidamente, foi como recordar tudo ali, em segundos. depois disto, chegamos ao teu destino, tu despedes-te e sais, e assim foi o nosso reencontro. diferente, no mínimo cena de filme. 

3 comentários:

  1. Mas que lindo! É incrível como em "pequenos" sítios encontramos pessoas que nos marcaram imenso!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Minha querida, adorei o blog e é óbvio que sigo (:
    Gostava que desses a tua opiniao acerca do meu http://voltar-ao-inicio.blogspot.com/ e se gostasses, seguisses, era óptimo $: beijinhos e bom ano :D *

    ResponderEliminar