quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

tão, tão verdade.


ultimamente muitas vezes tenho chorado. sozinha, como se no mundo fosse só eu, a escuridão e as minhas lágrimas que se esforçam por cair. quantas vezes finjo estar bem? quantas vezes mergulho a cabeça na almofada para asfixiar o som das lágrimas, e quase asfixiando-me a mim? quantas vezes penso que tudo podia ter sido diferente, se (...)? é, ultimamente nem me tenho reconhecido a mim própria. tenho fingido estar bem, apoiado toda a gente, este mundo e o outro, fingindo que tudo é simples, mas lá no fundo, e EU? pois, e eu sorrio, quando muitas das vezes só me apetece chorar e lavar a alma.

7 comentários: