segunda-feira, 14 de maio de 2012

quero tanto da vida, ou a vida é que me faz querer tanto dela?
eu quero fazer o que gosto, ter o meu emprego e sentir-me concretizada. quero ter a "nossa" casa. quero chegar a casa ir direita a ti chamar-te de meu amor e encher-te de mil beijos. quero contar-te o meu dia ao promenor. quero ouvir os nossos filhos gritar pela casa e ouvir-te dizer: o beijinho da mamã? quero que me perguntes o que é o jantar, que marques piqueniques, jantares de família, almoços com os amigos, saídas, dias na praia, na piscina, férias de família. quero noites enroscados no sofá, com filmes e pipocas. quero ver-te a levar os nossos meninos para a cama quando adormecerem no sofá. quero chamar a tua, de minha mãe. quero poder dizer: és o homem da minha vida. quero que estejamos presentes em tudo na vida dos pequeninos, jogos de futebol, natação, aulas de música, teatro, dança, tudo o possível. quero que façamos desporto. quero que na nossa casa toda a gente goste de animais da mesma forma que eu. quero ter um cão que se chame ben-u-ron e uma cadela que se chama nutella, e que os levemos sempre a passear. quero que façamos da nossa vida, o nosso sonho. e que isso nos faça concretizados e felizes :') 

Sem comentários:

Enviar um comentário