quarta-feira, 6 de junho de 2012

tema aberto? NÓS.

nunca fui muito dessas coisas do vamos andando, mas contigo parece-me diferente. chegas-te, talvez, no momento certo da minha vida. naqueles "dias" monótonos, cansativos e tão rotineiros que chegavam a parecer infinitos. vieste "espicaçar", dar cor aos meus dias, e isso deu-te logo grande piada e relevância. talvez por isso é que me apeguei de tal forma a ti. mesmo já te conhecendo do meu ciclo de amigos das primeiras vezes (depois do salto da nossa amizade) que estivemos juntos parecia que estávamos a recomeçar de novo, dois novos corpos, duas novas almas. e isto é tudo muito lindo, mas se pensarmos que isto não passa de uma "curte" (e eu odeio chamar-lhe isto, é bem diferente chamar-lhe relação aberta sem qualquer tipo de compromissos), as coisas mudam de figura. mas o que me assusta, é que depois de falarmos várias vezes no assunto, já chegámos a conclusão que numa coisa somos diferentes, é que tu não te afeiçoas como eu às pessoas, nem da mesma forma, esse meu grande defeito (ou não).
sabes o que eu tenho a dizer mais? é que de cada vez que estamos juntos o mundo pára. ficamos assim tipo bloqueados no espaço e no tempo. das quatro vezes, tal e qual. 
                                                                                                                               minhas ricas novidades.

3 comentários:

  1. também sentes que estás a perder a tua "melhor amiga" ? :x
    que texto lindo, mas porque não avançam e tornam isso uma relação bonita ?

    ResponderEliminar